Você sabe quais são os estágios do luto?

Você sabe quais são os estágios do luto?
29 de julho de 2022 Matheus Lós

Você sabe quais são os estágios do luto?

Conheça as 5 fases do luto e entenda como superá-las.

 

Perder alguém próximo, seja um amigo ou familiar querido, é um dos momentos mais difíceis e delicados da vida. Apesar de ser universal, essa experiência complexa é vivida por cada um de forma diferente, pois exige que você lide com novas emoções no luto e com mudanças no cotidiano que dependem da realidade de cada pessoa. 

Mas, uma coisa é certa para todos que passam por isso: a dor da perda chega como uma surpresa, e por mais que a gente entenda que vamos viver isso em algum momento, é completamente normal ficar em choque e ter dificuldade de lidar quando ela de fato acontece. 

Esse processo, que consiste em se adaptar à ausência de alguém que você era próximo e é chamado de luto, é muito pesquisado na área da psicologia por afetar completamente a nossa vida e gerar muito sofrimento.

Diversos profissionais já investigaram essa experiência psicológica para entender qual é a melhor forma de superá-la. Entre eles, a que mais se destacou foi a psiquiatra Elisabeth Kübler-Ross que classificou os 5 estágios do luto no seu livro “Sobre a Morte e o Morrer”, de 1969. 

 

Quais são as fases do luto

 

  • Negação

 

 

Ao receber a notícia de que alguém próximo de você faleceu, é normal que a primeira reação seja de choque. Afinal, muitas vezes, ouvimos sobre o assunto “morte” na televisão ou sobre alguém distante. Quando algo acontece com alguém que você convive, o seu cérebro utiliza o mecanismo de defesa da negação para tentar se proteger e evitar encarar essa nova realidade tão difícil. 

Nesse momento em que os primeiros sentimentos de inconformidade começam a aparecer, é importante se permitir sentir e acolher essa dor. Além disso, é importante tentar não se isolar completamente de todos ao seu redor.  

 

 

  • Raiva

 

 

Depois do choque inicial chega o momento da revolta. 

Aqui, é normal se tornar mais agressivo e pessimista do que você é em circunstâncias normais, afinal começamos a questionar o porquê dessa perda ter acontecido e a buscar culpados para tudo. Por isso, é importante que as pessoas saibam respeitar esse momento, dando espaço para a pessoa enlutada expressar a raiva sem ser julgada pela sua hostilidade. 

 

 

  • Negociação

 

 

A negociação é a fase onde a pessoa que está sofrendo o processo do luto tenta se iludir, acreditando que será possível retornar para a vida anterior. Para isso, ela negocia mentalmente formas de voltar para o passado, pensando sempre em promessas que pode fazer a Deus para consertar o que aconteceu. 

Esse sentimento surge da culpa que a pessoa pode estar sentido por não ter evitado a morte, e portanto só pode ser superado ao aceitar que a realidade não vai mudar para o que era antes, e que nem tudo está sob o nosso controle. 

 

 

  • Depressão

 

 

O quarto dos cinco estágios do luto é chamado de depressão, porém ele não trata da doença psicológica e sim de um momento específico de dor e tristeza que ocorre depois que a pessoa enlutada aceita a realidade daquela perda. 

Nesse momento é natural ter crises de choro, dificuldade para comer e para se comunicar com os outros.  

 

 

  • Aceitação

 

 

A aceitação ocorre quando a pessoa já consegue processar os seus sentimentos de forma saudável e encontra assim um equilíbrio entre a tristeza e a saudade que ela sente por quem se foi. 

Esse é o estágio em que todos querem chegar, pois ele significa que a pessoa consegue conviver com a falta da pessoa, sem que aquilo destrua as suas perspectivas de futuro ou os seus outros relacionamentos. 

É importante ressaltar que os estágios do luto nem sempre ocorrem de forma linear, e que não existe uma data determinada para que cada um comece ou termine. Portanto, é importante respeitar o seu processo, sem ter pressa ou se comparar com outras pessoas. 

 

Conheça uma empresa que está pronta para te acolher!

 

O Grupo Jardim da Saudade possui um grupo de apoio aos enlutados ministrado por uma psicóloga especializada que acontece toda primeira quinta-feira do mês, às 19:30 através do zoom. 

Nesses encontros, as pessoas podem compartilhar suas dores em um espaço seguro e receber o apoio que precisam durante esse período difícil. 

Para participar, clique neste link para mandar uma mensagem de WhatsApp. Você receberá um link para a reunião. 

Acompanhe o Jardim da Saudade no Instagram para ficar por dentro das novidades sobre o grupo e encontre um local acolhedor para passar por esse momento difícil.